Embarcação de passageiros encalhou na ilha do Pico com 61 pessoas a bordo

A embarcação da Atlancoline “Mestre Simão”, que faz a ligação entre as ilhas do Triângulo, nos Açores, encalhou na Madalena do Pico com 61 pessoas a bordo, numa altura em que as condições do estado do mar eram adversas.

Os 61 passageiros, bem como os nove elementos tripulantes do “Mestre Simão”, desembarcaram para as balsas salva-vidas do navio, aquando do encalhe da embarcação nas rochas.

A Capitania do Porto da Horta iniciou de imediato o apoio com uma lancha da Polícia Marítima e com uma embarcação Salva-vidas, que se deslocaram para o local.

Os 61 passageiros, bem como os nove elementos da guarnição do “Mestre Simão”, foram transferidos para uma embarcação marítimo-turística local, através das lanchas da Autoridade Marítima e, posteriormente, foram transportadas para o Porto da Madalena a salvo e em segurança, onde chegaram cerca das 10h15 locais, sendo acompanhas durante o trajeto por uma lancha da Polícia Marítima.

No local encontrava-se também um rebocador da Portos dos Açores da Horta e o Navio Patrulha Oceânico da Marinha “Viana do Castelo”, para apoiar as operações.

A intenção passou por verificar as condições de desencalhe da embarcação “Mestre Simão”, por forma a retirar a embarcação das rochas em condição de navegar por meios próprios. As operações estão a ser coordenadas no local pela Autoridade Marítima, através do Capitão do Porto da Horta, em coordenação com Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada (MRCC Delgada) e com o Centro de Comunicações dos Açores.

O estado da embarcação está a ser monitorizada em tempo real pela Autoridade Marítima, através da câmara de vigilância do Sistema Costa Segura instalada no Porto da Horta.

Pin It on Pinterest