“Crédito congelado” leva Animad a não poder aceitar pedidos de ajudas para os animais

A Associação Animad Madeira deixa uma mensagem de alerta na sua página no Facebook em que afirma não poder, neste momento, aceitar mais pedidos de ajuda para os animais. E explica os motivos:

«Visto não termos tido o prometido pelas várias entidades governamentais onde havia a promessa de ajuda financeira para conseguir saldar algum do valor de 2019, nosso crédito no Hospital Veterinário está fechado.
Como publicado anteriormente foi calculada ajuda referente a 2020, tendo todas as entidades fechados os olhos às ajudas previstas e legisladas para o efeito referente a 2019.

Neste momento os nossos custos são elevados, custos esses assumidos de anuais proveniente de todas as partes da ilha da Madeira. O custo associado a mais de 200 animais supera os milhares mensais, alimentos, cuidados médicos, limpeza, água, luz, etc.

Essa responsabilidade é de todos, assumimos facto, no entanto perante uma lacuna social enorme que continua a imperar à nossa volta.

Visto estarmos com o crédito congelado, não temos como ajudar mais animais.

Atenção a ida de um animal ao HVM ou outra clínica supera sempre o valor que muitos desconhecem. Faturas essas que rondam até aos milhares de euros.

Dado isso pedimos encarceradamente que não nos enviem mais pedidos até todas as entidades colocarem a mão na consciência e perceberem que o que está em causa, eles, os animais.

Não são números são animais com sentimentos e necessidades.

Obrigado a todos pelo apoio que nos têm dado, acreditamos ainda que vão perceber que no fundo somos somente a voz de muitos, daqueles que viram as costas ao problema.

Enquanto isso vamos aguardar para que haja bom senso quanto às verdadeiras necessidades de entidades como a nossa que nada mais é do que a solução para a cegueira de muitos!!».

Pin It on Pinterest