'Simplesmente eu', uma história de vida

‘Simplesmente eu’. Assim se chama o primeiro livro de Gilberto Teles, que será lançado amanhã, pelas 18h, no Teatro Municipal Baltazar Dias. A obra é promovida pela Editora O Liberal.

‘Simplesmente eu’. Assim se chama o primeiro livro de Gilberto Teles. O autor começou com algumas publicações nas redes sociais, como por exemplo no Facebook, mas rapidamente o ‘feedback’ dos leitores, da família e dos amigos levou à publicação de um livro.

“Este livro pode ser considerado uma pequena autobiografia de cada leitor. Os seus sentimentos, emoções e sensações. Cada leitor pode adoptá-lo como a sua história de vida”, explica, sendo que, para além de uma colectânea de textos já publicados, o livro apresenta ao público “rabiscos” inéditos.

Gilberto Teles conhece o mercado literário da Madeira e as dificuldades presentes e, por isso, confessa que a obra, ‘Simplesmente eu’, não foi feita para ser um sucesso de mercado, mas sim para ser um sucesso de leitura dentro dos leitores. “Eu escrevo como forma de estar na vida, de relaxamento até”.

O objectivo principal é que aquilo que começou como “uma brincadeira” possa ajudar as pessoas a encarar a vida e as situações quotidianas de outra maneira. Que seja uma lufada de ar fresco para a cultura madeirense.

O lançamento do livro ‘Simplesmente eu’, promovido pela Editora O Liberal, tem lugar amanhã, no Teatro Municipal Baltazar Dias, pelas 18h. Para os curiosos, aqui fica um excerto do texto, Nós somos o sonho dele (Deus)…

“Nós somos o que sonhamos ser
E esse sonho não é somente uma meta,
É como se fosse uma energia,
Onde cada dia é uma crisálida
Que sempre brilha numa metamorfose
Caímos e nos levantamos.
Em cada dia a vida começa de novo.
A vida, é um acto de resistência e re-existência.
Vivemos, revivemos,
E tudo tem uma memória.”

Pin It on Pinterest