CDU promete mandato Social

Edgar Silva prometeu hoje, em conferência de imprensa, que o mandato da CDU dará especial enfoque à vertente social.

Após ter tomado posse como deputado da Assembleia Legislativa da Madeira esta manhã, Edgar Silva deu logo entrada a seis projectos de decreto legislativo regional, os quais propõem: Medidas Anti-Corrupção face aos compromissos regionais para a prevenção e combate ao problema da corrupção; Programa de Emergência Social para a RAM; Programa de Incentivos ao Desenvolvimento Sócio-Educativo no âmbito da Acção Social Escolar; Complemento de Pensão; Criação do Programa de Combate às Listas de Espera Cirúrgicas; e um Acréscimo ao valor da retribuição mínima mensal nacional para vigorar na RAM.

“Estas iniciativas dão cumprimento  a uma ideia da CDU, que é fazer deste mandato um mandato social e virado para a resolução das questões econonómicas da Região. Há um conjunto de problemas sócio-económicos que se estão a agodizar na Madeira, os quais tendem a agravar-se no futuro devido às medidas do Orçamento de Estado para 2012 e outras medidas tomadas pelos governantes”, frisou o deputado comunista.

Edgar Silva defendeu, ainda, que os deputados desta X Legislatura deverão ter capacidade de resposta e de iniciativa, no sentido de minizarem os efeitos dos “inúmeros problemas” sociais e económicos que tendem a agravar-se no futuro. “Os sectores e actividades econonómicas da Madeira requerem uma intervenção inovadora audaz, propositiva muito forte, sendo nesse sentido que a CDU pretende tornar esta legislatura predominantemente virada para a matriz social”, afirmou.

O deputado único da CDU mostrou-se, ainda, confiante que a composição da nova assembleia estará mais receptiva a aprovar medidas de natureza social.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

[fbshare type=”button”]

[twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest