‘Uma vela por um amigo’

Cerca de meia centena de pessoas participaram hoje na Vigília pelos Animais. Na ocasião, Rui Almeida defendeu uma política de esterilização. (FOTOS)

Realizando-se no cais do Funchal, a iniciativa denominada “Uma vela por um amigo” contou com a presença de diversas associações de defesa dos direitos dos animais com sede na Madeira.

Um dos objetivos  do evento foi chamar a atenção da população para o “verdadeiro massacre” que está a acontecer em países como a Ucrânia e o Azerbeijão, devido à organização de eventos desportivos e culturais.

Na ocasião, Rui Almeida defendeu que a população deve “olhar e tratar de uma forma mais ética” os animais.

“Acreditamos que a Região e a sociedade madeirense podem vir a ser um exemplo nacional na forma como tratam os seus animais”, apontou o deputado e dirigente do PAN.

Desta foram, Rui Almeida anunciou que está a preparar um conjunto de várias propostas parlamentares que visam a defesa dos direitos dos animais, as quais devem dar entrada na Assembleia Legislativa da Madeira até ao final deste mês. “Estamos a ultimar a redação de alguns decretos, no sentido de serem tomadas algumas medidas que possam garantir o bem-estar aos animais”, transmitiu.

Uma dessas medidas é a esterilização dos animais, a qual visa fazer face ao grande abandono que existe na Região. “É necessário haver uma política de esterilização que esteja a cargo do governo e das autoridades competentes”, sublinhou o deputado do PAN.

Rui Almeida considera que a referida medida iria acabar, a médio prazo, com a prática da eutanásia dos animais. “A SPAD, por exemplo, como não tem espaço suficiente vê-se obrigada a recorrer à eutanásia. Se houvesse legislação relacionada com a esterilização o problema acabava por ter solução, uma vez que iria diminuir a procriação descontrolada”, concluiu.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest