Melhor resposta no socorro à população nos Açores

As ambulâncias de Suporte Imediato de Vida (SIV) entraram hoje em funcionamento nos Açores. S. Miguel e Terceira têm já as novas viaturas de emergência médica terrestre ao serviço da população.

A ilha do Faial receberá o mesmo serviço já no decorrer do mês de Abril. O Secretário Regional da Ciência, Tecnologia e Equipamentos assinalou hoje, em Angra do Heroísmo, o início das operações das SIV e sublinhou que com esta nova valência “sobe-se mais um degrau na pirâmide de segurança que estamos a instituir nos Açores”.

Atualmente 60 enfermeiros do Serviço Regional de Saúde estão afetos às ambulâncias SIV, com formação especializada para prestarem os cuidados médicos necessários no local.

“Estamos capacitados, a partir de agora, numa colaboração com a Secretaria Regional da Saúde e, naturalmente, as unidades hospitalares, para prestar melhores e maiores cuidados em termos de socorro na emergência médica terrestre”, afirmou o governante, que demonstrou satisfação num serviço pode salvar mais pessoas e, neste sentido, garantir maior segurança às famílias.

O Secretário Regional visitou o Centro de Operações de Emergência, instalado no Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores, que centraliza as chamadas 112 e cujo atendimento é alvo de uma triagem e posterior ativação dos meios de resposta adequada. José Contente realçou que este serviço “garante um melhor diagnóstico e a melhor utilização e racionalização dos recursos e equipamentos disponíveis na Região”.

O governante sublinhou o grande investimento que o Governo Regional tem dedicado à formação e qualificação dos recursos humanos da Proteção Civil, nomeadamente ao nível da emergência médica terrestre porque corresponde a 80 por cento da atividade dos bombeiros. Neste domínio, foram investidos 3,9 milhões de euros.

“Por isso, às vezes não entendemos as críticas descabidas dirigidas ao Governo em várias áreas, nomeadamente também ao nível da emergência médica. Nós estamos a caminhar com grande intensidade para a excelência, estamos a dar grandes passos, quer ao nível das infraestruturas, mas também na qualificação do pessoal”, adiantou o governante.

[twitter style=”vertical” float=”left”] [twitter] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest