PCP impedido de visitar escola Eleutério de Aguiar

Edgar Silva vai apresentar queixa contra o GR na Procuradoria de Justiça e na Provedoria-Geral da República.

O deputado único do PCP/Madeira, Edgar Silva, vai apresentar à Procuradoria de Justiça e na Provedoria-Geral da República uma queixa contra o Governo Regional pelo facto de esta manhã uma comitiva do seu partido ter sido impedida de visitar a Escola Básica do 1ºCiclo com Pré-Escolar/Professor José Eleutério de Aguiar/Serviço Técnico de Educação para a Deficiência Auditiva. “A atitude do governo ao impedir a nossa visita à escola é uma atitude anti-democrática que viola princípios constitucionais e direitos fundamentais das oposições, sobretudo quando ontem aos deputados do PSD foram franqueadas as portas de serviços públicos como o hospital para que pudessem visitar aquele serviço público e hoje aos eleitos do PCP foi impedido de exercer o direito de visita a uma escola pública”, criticou.

Ao CidadeNet Edgar Silva explicou que não foi dada nenhum explicação por parte da escola para a visita não se realizar apenas “foi dito na porta da escola que a secretaria não permitia a visita”.

O deputado do PCP garantiu que na semana passada foi enviado à escola um comunicado a dar conhecimento da visita. O parlamentar comunista lamentou ainda o facto de já ter sido anunciado o encerramento da Escola Professor José Eleutério de Aguiar no próximo ano letivo.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest