PS exige taxa intermédia de IVA

O partido alerta que o aumento do IVA tem tido “um impacto brutal” na hotelaria e na restauração.

Desta forma, Victor Freitas desafia o Governo Regional do PSD a explicar aos madeirenses “como é que mantém uma política de alta de impostos no que concerne ao IVA”.

“O governo já percebeu que o aumento do IVA leva à falência de empresas, leva ao despedimento de trabalhadores e leva à redução da receita para o Estado. Não há nenhum ganho para a Região Autónoma da Madeira com este aumento do IVA”, apontou o presidente do PS, esta tarde no final de uma reunião com empresários hoteleiros de Santa Cruz.

Na opinião de Victor Freitas, o facto do governo não baixar o IVA deve-se a “um ato de teimosia”. “Quando um governante percebe que está errado no caminho que está a prosseguir não deve ser teimoso e deve alterar as políticas. É o momento do PSD aqui na Madeira começar também a se juntar ao PS com o objetivo de fazer uma guerra que permita baixar o IVA para a taxa intermédia para que se recupere postos de trabalho e para que o nosso turismo possa vir a ter outro desenvolvimento, bem como a restauração”, concluiu.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest