Rússia Unida reforça peso na Duma

A Rússia Unida, de Vladimir Putin, conquistou 343 dos 450 lugares que compõem a Duma, ou Câmara dos Deputados, anunciou esta segunda-feira a diretora da Comissão Eleitoral Central (CEC). Nas eleições de domingo, a Rússia Unida aumentou a representação parlamentar em 105 lugares, disse Anna Pamfilova, em conferência de imprensa.

O partido do Presidente russo obteve 140 lugares através de listas partidárias e 203 em círculos eleitorais uninominais. Em segundo lugar ficou o Partido Comunista com 42 lugares, seguindo-se o ultranacionalista Partido Liberal Democrático, que elegeu 39 deputados. A Rússia Justa, que declara ser social-democrata, surgiu em quarto lugar, com 23 deputados. Dois partidos sem representação parlamentar, o nacionalista Rodina e o liberal Plataforma Cidadã, elegeram um deputado cada um. Um candidato independente, em representação da República russa da Adiguésia, no Cáucaso Norte, foi também eleito.

De acordo com dados não definitivos da CEC, apenas 47,8% dos eleitores votou contra 60% nas anteriores legislativas de dezembro de 2011. Nestas eleições, os deputados da Duma foram eleitos mediante um sistema misto: 225 por listas partidárias e 225 por círculos eleitorais uninominais.

Pin It on Pinterest