Trump diz que está a ser alvo da “maior caça às bruxas”

O presidente norte-americano, Donald Trump, disse hoje que está a ser alvo da “maior caça às bruxas” de um político da história norte-americana, uma crítica à nomeação de um Conselheiro Especial para dirigir a investigação à alegada interferência da Rússia nas eleições presidenciais de 2016.

Trump recorreu ao Twitter, nas primeiras horas da manhã, por volta das 8.00 em Washington, para comentar as notícias do dia anterior e afirmou que “com todas as acções ilegais que aconteceram na campanha de Clinton e da Administração Obama, nunca foi nomeado um conselho especial”. Conclui que esta é a “maior caça às bruxas de um político da história norte-americana”.

Já ontem Trump tinha afirmado que “nenhum político na história (…) foi tratado de pior maneira ou de forma mais injusta”, num discurso numa cerimónia na Academia da Guarda Costeira.

Três comités do Congresso, todos liderados por Republicanos, já confirmaram a intenção de ouvir em audição James Comey, ex-director do FBI, depois de ter sido noticiado que notas de uma conversa com Trump mostram que o presidente lhe pediu para não prosseguir a investigação ao Conselheiro de Segurança Nacional Michael Flynn, alegadamente por ligações à Rússia.

Pin It on Pinterest