Lei da Neutralização através da reflexologia

“Tudo fluí para dentro e para fora – tudo tem as suas marés. Todas as coisas se elevam e caem. O movimento do pêndulo manifesta-se em tudo. A mesma distância que o pêndulo percorre para a direita será percorrida para a esquerda. O ritmo compensa.”

Este princípio explica as mudanças no humor, emoções e experiências.
Os dois opostos do nosso plano mental são a consciência superior e a consciência inferior (ou, por outras palavras, alma e ego).
Enquanto não estiver consciente dos princípios da polaridade e do ritmo, irá experienciar um movimento pendular que balouça incessantemente entre a alma e o ego.
A vida é feita de ritmo, continuamente a balouçar entre opostos.
Quanta mais alegria for capaz de experienciar, maior será também a tristeza, e vice-versa. Quanto mais o pêndulo balouçar numa direcção, mais irá balouçar na direcção oposta. Se sentir um grande prazer irá também sentir uma grande dor.
Há uma forma de neutralizar este ritmo, através da Lei da Neutralização.
Você pode polarizar-se num extremo do pêndulo por forma a não ser afetado quando ele balouçar no sentido oposto. Assim, ao balouçar no sentido negativo você estará no plano mental mais elevado e não será afetado. Por outras palavras: depois de um tempo a ganhar bem virá uma altura em que irá ganhar mal. Mantenha a sua vibração elevada (emocionalmente) e o tempo que o pêndulo demora a ir ao pólo negativo será praticamente inexistente para si (acontecerá enquanto dorme!).
Mantenha-se consciente do efeito do princípio do ritmo sobre os seus estados mentais. Sem esta consciência estará sujeito aos movimentos do pêndulo sem saber o que está a acontecer.
A Lei da Neutralização é semelhante a elevar-se acima de algo para que este passe por si sem o afectar. Polarize-se no pólo positivo e recuse-se, assim, a participar no movimento para o pólo oposto.
A Lei da Compensação determina que o movimento do pêndulo numa direcção é proporcional ao movimento na direcção oposta. Um movimento equilibra e o outro desequilibra.
Assim, a pessoa que experiencia uma grande euforia irá também passar pela experiência de uma grande depressão. A pessoa com o maior medo será também capaz de mostrar a maior coragem…
Se não estiver consciente deste princípio irá provavelmente experienciar um dos pólos de cada situação ao longo de uma vida. Necessitará de várias vidas para experienciar o movimento completo do pêndulo. Uma vida de doença, outra de saúde. Uma vida de pobreza, outra de abundância financeira, etc.
Desejo-lhe uma boa semana com muita reflexologia por terapeutas qualificados do Centro de reflexologia da Madeira.


Eduardo Luís
Reflexologo e presidente da Ordem Mundial de Reflexologia.
reflexfunchal@gmail.com

Pin It on Pinterest