Mulher apanhada no aeroporto com os intestinos do marido

Uma mulher marroquina foi detida no aeroporto de Graz, na Áustria, quando viajava com os intestinos do marido na mala. A história é contada pelo jornal austríaco «Kleine Zeitung», segundo o qual a intenção da mulher era levar os intestinos do marido para que pudessem ser analisados.

A mulher terá desconfiado que o seu companheiro tinha sido envenenado e, de modo a confirmar ou refutar a teoria, pretendia que os órgãos fossem alvo de uma análise. O homem, de 26 anos, terá morrido num hospital marroquino.

A viagem, de Marrocos para a Áustria, terá decorrido sem complicações até que a mulher foi detida no aeroporto de Graz. De acordo com o relato feito pelo jornal, as autoridades pediram à jovem que mostrasse a sua bagagem devido ao ar suspeito que apresentava.

Os médicos foram chamados mas concluiu-se que, para que a investigação tivesse sucesso, era necessário ter todo o corpo do homem. A polícia já referiu que a marroquina não violou nenhuma lei.

Pin It on Pinterest