“A diminuição no séc. XVII, nas catedrais mediterrânicas” na Igreja de São Martinho

“A diminuição no séc. XVII, nas catedrais mediterrânicas” é o tema do concerto de hoje no âmbito do VII Festival de Órgão da Madeira, uma organização da Secretaria Regional da Economia, Turismo e Cultura, através da Direção Regional da Cultura, com direção artística de João Vaz.

A partir das 21h30, na Igreja de São Martinho (Funchal), João Vaz, no órgão, e Tiago Simas Freire, no corneto, interpretam obras de Monteverdi, Frescobaldi, Trosilho, Falconiero, Gervaise, entre outros.

Recorde-se que um pouco como os músicos de Jazz, os instrumentistas de tecla e de sopro seiscentistas improvisavam livremente sobre as obras que tocavam. Obras de estrutura simples eram enriquecidas com ornamentações improvisadas cada vez mais elaboradas, atingindo por vezes extremos de virtuosismo. Amanhã, o concerto do Festival de Órgão promete assim uma viagem ao passado através da sonoridade surpreendente do corneto de Tiago Simas Freire.

Pin It on Pinterest