Eleiçoes americanas “na mira” da Al-QAEDA

A informação, avançada pela CBS News dá conta que as agências federais norte-americanas estão em estado de alerta devido a um possível ataque da Al-Qaeda no dia 7 de novembro.

Segunda-feira antecede o dia em que os americanos vão a votos para decidir quem será o próximo presidente dos EUA. Os estados de Nova Iorque, Texas e Virgínia poderão ser os principais alvos.

Segundo o canal televisivo, as autoridades estão a encarar a ameaça com seriedade, apesar das informações ainda estarem a ser analisadas e a sua credibilidade ainda não ter sido confirmada.

Fonte oficial dos serviços de inteligência afirmou à CBS que se mantêm “vigilantes e bem posicionados para defender os Estados Unidos de qualquer ataque”.

“O FBI e a DHS, que trabalha com as nossas autoridades federais, estatais e locais, avalia e partilha informação diária e irá continuar a trabalhar com as forças de segurança e com os serviços de inteligência para identificar e evitar qualquer possível ameaça à segurança pública”, declarou ainda.

Fonte do governo norte-americano já garantiu à agência Reuters que se trata de uma ameaça de nível relativamente baixo.

Os alertas para estes ataques costumam aumentar com o aproximar de grandes eventos ou durante as épocas festivas. Por isso, já seria de esperar que as eleições não ficassem de fora deste cenário.

Segundo a CBS, já no início desta semana se tinha alertado para o facto das mesas de voto serem “alvos atrativos” para os chamados “lobos solitários”.

Pin It on Pinterest