Movimentos de mercadorias e de passageiros aumentaram

Em 2015, o Valor Acrescentado Bruto das empresas de Transportes aumentou 0,5% em termos nominais, desacelerando face a 2014 (+3,2%), enquanto o volume de negócios teve uma redução de 0,6% (+4,0% no ano anterior).

De acordo com os dados do Instituto Nacional de Estatística, no transporte ferroviário pesado registou-se crescimento tanto no número de passageiros (+1,7%), como nas mercadorias transportadas (+7,9%), após crescimentos de 1,8% e de 10,9%, respetivamente, no ano precedente.

As mercadorias transportadas pelos veículos pesados de mercadorias matriculados em Portugal Continental aumentaram 4,9% (-2,3% em 2014).

Já os portos nacionais registaram um crescimento de 7,7% no movimento de mercadorias, superando o resultado do ano anterior (+3,2%). Os passageiros em navios de cruzeiro aumentaram 13,5%, em contraste com a redução no ano anterior (-3,6%).

O transporte fluvial foi utilizado por 18,9 milhões de passageiros (+2,8%) e 294,45 mil veículos automóveis (+14,2%).

O INE revela ainda que o setor da aviação, os aeroportos nacionais registaram o movimento de 39,6 milhões de passageiros (+11,0%, +9,4% em 2014) e as empresas de transporte aéreo licenciadas em Portugal transportaram 12,8 milhões (-3,1%).

Relativamente a telecomunicações, é de assinalar o crescimento acentuado do tráfego de acesso à internet por banda larga (+30,7%) e o aumento do volume de tráfego de voz com origem na rede móvel (+5,5%).

Pin It on Pinterest