Madeira volta a realizar prova nacional de Esgrima

Madeira, Lisboa e Viana do Castelo serão os palcos da etapa inaugural do Torneio de Espadachins, do Circuito Infantil Português, este sábado, dia 12.

Os mais jovens atletas da Esgrima da Madeira entram em acção em S. Vicente, no norte da Ilha da Madeira, a partir das 9 horas da manhã.

A exemplo do ano passado, esta etapa inaugural do Circuito Infantil Português, incluída no Torneio de Espadachins de Benjamins e Infantis, terá lugar em três geografias diferentes de Portugal.

No Norte de Portugal, o circuito será realizado em Viana do Castelo, ao Centro as provas decorrerão em Lisboa no Colégio São Tomás e na Madeira esta etapa será no Pavilhão da Escola B e S D. Lucinda Andrade em S. Vicente.

O programa deste evento nacional inclui as competições de Florete Benjamins e Infantis e ainda as provas de Espada e Sabre Benjamins e Infantis.

Em S. Vicente, cerca de três dezenas de atletas dos vários clubes da Região voltarão a participar numa prova com alcance nacional, dando continuidade ao trabalho já iniciado nos regionais.

Para os jovens esgrimistas da Região, independentemente do resultados obtidos, o atractivo principal de participar neste prova do Circuito Nacional é o facto de poderem classificar-se para o Ranking nacional da esgrima portuguesa.

Antes de iniciarem os assaltos haverá lugar à atribuição dos “braçais” para quem sobe de escalão.

Nota particular ainda para a realização da prova fora do Funchal. É um sinal claro da descentralização e da divulgação mais ampla deste desporto que a Associação de Esgrima da Madeira (AERAM) tem desenvolvido há alguns anos.

Uma medida que, apesar das dificuldades financeiras para implementar, tem vindo a mostrar resultados, como se verifica pelo crescimento da prática deste desporto em vários locais fora do Funchal, entre os quais S. Vicente, Santana e Camacha.

A propósito deste trabalho de promoção da prática de esgrima, a AERAM tem feito um trabalho importante junto das escolas – através do projecto “ESGRIMA Mais” – dando a conhecer os benefícios para os jovens madeirenses na prática do desporto e em particular da Esgrima. No passado ano lectivo o projecto chegou a cerca de 1700 alunos da Madeira de várias idades e escolas da Região.

Pin It on Pinterest