Polícia Judiciária detém homem por pornografia de menores agravada

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação de Ponta Delgada, procedeu à identificação e detenção de um homem, com 25 anos de idade, indiciado pela prática de múltiplos crimes de pornografia de menores, envolvendo várias vitimas do sexo feminino, com idades compreendidas entre os 13 e os 16 anos.

Através da rede social facebook, o suspeito contatava as vitimas e aliciava-as com promessas de dinheiro para lhe enviarem imagens desnudadas de partes íntimas do corpo e, depois de as receber, sob ameaça de as divulgar a família e amigos, passava a exigir mais envios desse tipo de imagens, mas de teor mais sexualizado.

A investigação encontra-se a decorrer há cerca de um ano, tendo a Polícia Judiciária vindo a apurar o envolvimento do suspeito nos factos criminosos, apreendendo-lhe, na sua residência, no concelho de Vila Franca do Campo, grande quantidade de ficheiros informáticos contendo fotografias e vídeos de natureza sexual envolvendo menores.

Para além das menores que já foram identificadas, existem outras que a investigação vai procurar identificar, prosseguindo no intuito de apurar e esclarecer a real extensão da atividade delituosa do suspeito.

A Polícia Judiciária alerta para os perigos subjacentes ao uso descuidado das redes sociais, mormente através do estabelecimento de contactos com pessoas desconhecidas, principalmente no caso desses contactos envolverem a disponibilização e partilha de imagens e informações pessoais.

O detido, trabalhador comercial, foi presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação de medidas de coação tidas por adequadas.

Pin It on Pinterest