Lagarde foi considerada culpada de “séria negligência”

A directora-geral do FMI, Christine Lagarde, foi considerada culpada de “séria negligência” num caso de desvio de dinheiros públicos, mas não sofre qualquer pena.

Um tribunal francês considerou que Lagarde actuou de forma negligente quando era ministra da Economia de Nicolas Sarkozy, isto porque durante o processo de indemnização estatal pela venda da Adidas a um banco público recorreu à arbitragem, beneficiando Bernard Tapie, em vez de deixar a justiça comum funcionar.

A decisão na arbitragem fez com que o Estado tivesse de indemnizar o empresário próximo de Sarkozy em 404 milhões de euros, com o argumento de que o Crédit Lyonnais tinha conseguido um lucro exagerado graças à Adidas.

A actual directora-geral do FMI sempre disse estar inocente e o Ministério Público pediu mesmo a sua absolvição. Lagarde teve à sua responsabilidade a economia francesa entre 2007 e 2011.

Pin It on Pinterest