Francisco lamentou “resistências malvadas” que se opõem à reforma da Igreja

Num discurso aos membros da administração do Vaticano, por ocasião dos cumprimentos de Natal, o Papa Francisco lamentou hoje a existência de “resistências malvadas” que se opõem à reforma da Cúria.

É uma reforma que “só será eficaz se for feita com homens «renovados» e que o Papa não quer que seja apenas de imagem.

“As resistências ocultas nascem de corações assustados e empedernidos, que se alimentam das palavras vazias do ‘gatopardismo’ espiritual de quem diz querer mudar as coisas, mas depois quer que tudo fique na mesma”, declarou o líder da Igreja Católica. “Não são as rugas da Igreja que devem temer, mas sim as manchas.”

Pin It on Pinterest