Operação Marquês deverá ter acusação formulada em Março

A acusação a José Sócrates e a outros arguidos da Operação Marquês deverá ser formulada em Março de 2017, dentro do prazo de 180 dias avançado no passado mês de Setembro pela Procuradoria Geral da República (PGR).

Ontem, o gabinete de imprensa da PGR adiantou ao DN que Joana Marques Vidal, a procuradora-geral, recebeu “uma informação pormenorizada e devidamente fundamentada relativamente ao estado do inquérito”, entendendo “não se justificar qualquer reponderação do prazo estabelecido”.

A 30 de Março deste ano, o director do Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP), Amadeu Guerra, definiu o dia 15 de Setembro como data final para a conclusão da investigação, mas foi fixado novo prazo, tendo Joana Marques Vidal a 15 de Setembro dado mais 180 dias para o fecho do caso.

Além de José Sócrates e Carlos Santos Silva, a Operação Marquês conta ainda com arguidos com nomes sonantes como Lalanda de Castro, Joaquim Barroca e Armando Vara.

Todas as medidas de coação além do termo de identidade e residência já caducaram. Apenas Armando Vara e Joaquim Barroca têm cauções pagas à ordem do processo.

Pin It on Pinterest