Câmara de Lobos recebe 15 oleões

A autarquia de Câmara de Lobos, representada pela vereadora Verónica Faria, celebrou, ontem, um protocolo com a ARM, representada pela presidente do conselho de administração, Nélia Sousa, através do qual serão disponibilizado 15 equipamentos de recolha de óleos alimentares usados.

O protocolo foi celebrado no Salão Nobre dos Paços do Concelho de Câmara de Lobos, e integra-se no projeto de recolha de óleos alimentares usados (OAU) dinamizado pela ARM, através do qual passam estar disponíveis ao dispor da população do município de Câmara de Lobos 15 oleões para deposição dos óleos alimentares usados (OAU), nos seguintes locais:

1. Escola Básica do 1º Ciclo/PE da Quinta Grande

2. Escola Básica do 1º Ciclo/PE do Estreito de Câmara de Lobos

3. Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos da Torre

4. Escola Básica do 1º Ciclo/PE da Lourencinha

5. Escola Básica do 1º Ciclo/PE do Foro

6. Escola Básica dos 2º e 3º Ciclo do Curral das Freiras

7. Escola Básica do 1º Ciclo/PE do Covão

8. Escola Básica do 1º Ciclo/PE do Rancho – Caldeira

9. Escola Básica do 1º Ciclo/PE da Marinheira

10. Mercado do Estreito de Câmara de Lobos (Estacionamento)

11. Mercado Municipal de Câmara de Lobos

12. Estacionamento da Junta de Freguesia do Curral das Freiras

13. Junta de Freguesia do Jardim da Serra

14. Junta de Freguesia de Câmara de Lobos

15. Balcão de atendimento da ARM

O projeto em causa tem como objetivo sensibilizar a população para a correta separação de óleos alimentares usados (OAU) e deposição nos sítios corretos (oleões), garantindo o encaminhamento mais adequado para a sua valorização (por exemplo para produção de biodiesel).

Pretende-se assim evitar que estes resíduos sejam incorretamente despejados no esgoto, sobretudo para não contaminarem os recursos hídricos, mas também porque os óleos podem danificar os equipamentos instalados nas infraestruturas de drenagem de águas residuais (esgotos) e potenciar o aparecimento de pragas. Além disso, são produtos que podem provocar graves problemas de operação nas estações de tratamento de águas residuais (ETAR), podendo mesmo inibir o seu funcionamento.

O que são os OAU?

Os óleos alimentares usados são resultado das frituras de alimentos, azeites e óleos de conserva.

O que fazer aos OAU?

Deixar arrefecer o óleo, despejá-lo numa garrafa de plástico com tampa, que depois de cheia deverá ser bem fechada e colocada no oleão mais próximo.

 

Pin It on Pinterest