SRE e UMa apostam na literacia em saúde

A Secretaria Regional de Educação (SRE) e a Universidade da Madeira (UMa), através da Escola Superior de Saúde (ESS), celebraram esta segunda-feira, dia 23 de janeiro, um protocolo, válido até 2019, cujo objeto é a identificação e promoção de estilos de vida saudáveis e literacia em saúde dos alunos.  A assinatura do documento contou com a presença de Jorge Carvalho, secretário regional de Educação, José Carmo, Reitor da UMa, Otília Freitas, presidente da ESS-UMa, e Rui Caetano, presidente do Conselho Executivo da Escola Básica e Secundária Gonçalves Zarco (EBS Gonçalves Zarco).

O projeto será implementado na EBS Gonçalves Zarco, mas contará na sua implementação com as instalações da UMa e do Centro de Saúde da Nazaré. Está previsto, entre outras ações e em contexto escolar, a aplicação de um inquérito, a análise dos dados, a apresentação do diagnóstico e a promoção e divulgação de atividades focadas em estilos de vida saudáveis e literacia em saúde.

O secretário regional de Educação, Jorge Carvalho, salientou a pertinência da sinergia criada com este projeto visando a educação dos alunos. “É importante que as organizações procurem estes espaços de simbiose para que, enquanto instituições responsáveis pela formação de jovens, possamos monitorizar essa mesma formação. Fazê-lo com a UMa, onde a excelência académica garante suporte qualitativo nos estudos, é relevante, porque só é possível decidir bem quando conhecemos bem”, sublinhou o governante, reiterando a importância do contributo coletivo para a literacia dos alunos, neste caso particular, visando comportamentos, atitudes e decisões que visem a promoção da saúde.

“Se é verdade que grande parte da responsabilidade da formação e educação dos nossos jovens reside na escola – porque foi essa a expectativa que a sociedade criou e bem –, também é verdade que cada vez mais as instituições ‘satélite’ têm responsabilidade nessa missão”, concretizou Jorge Carvalho.

Pin It on Pinterest