Credores estão a reduzir compras de títulos do Tesouro americano

Os principais credores estrangeiros dos EUA estão a reduzir as suas compras de títulos do Tesouro. O Japão, principal ‘proprietário’ de títulos (ligeiramente acima da China), foi dos primeiros a deixar de lado a dívida pública americana.

De Tóquio a Pequim, passando por Londres, poucos investidores estrangeiros querem apostar nos 13,9 mil milhões de dólares do Tesouro dos EUA que circulam pelos mercados.

As perspectivas de maiores défices públicos com Donald Trump, uma inflação em alta, juntamente com a expectativas de subidas das taxas da Reserva Federal estão a fazer com que a dívida norte-americana pareça menos segura para os investidores estrangeiros.

Pin It on Pinterest