Líder do Ku Klux Klan morreu com tiro na cabeça

O líder de um grupo do Ku Klux Klan (KKK) no Missouri, Frank Ancona, de 51 anos, foi encontrado morto com um tiro na cabeça no último sábado, nos EUA.

Ancona tinha sido dado como desaparecido depois de ter faltado ao trabalho na sexta-feira. Segundo a mulher do líder da organização de supremacista branca, racista e antissemita, terá dito na quarta-feira que iria fazer uma entrega fora do Estado relacionada com o seu emprego.

O carro do homem foi encontrado numa zona de mato do condado de Washington, mas só no sábado uma família acabou por encontrar o corpo junto a um rio.

Segundo o resultado da autópsia realizada este domingo, Frank Ancona foi morto com um tiro na cabeça.

Pin It on Pinterest