Menina de sete anos pede emprego à Google

Chloe Bridgewater tem sete anos de idade, vive em Inglaterra e decidiu começar já a procurar emprego. Foi por isso que enviou uma carta ao patrão da Google.

Na carta começa por dizer que se chama “Chloe e quando for grande quer trabalhar na Google”. Mas os seus interesses vão mais além, porque “também quer trabalhar numa fábrica de chocolate e nadar nos Jogos Olímpicos”.

Segundo Chloe, o pai deu-lhe um jogo para o tablet onde tem de movimentar um robô e disse-lhe que seria bom para ela ir aprendendo sobre computadores, que o progenitor prometeu oferecer-lhe um dia.

Ao patrão da Google, a menina faz questão de assinalar que a professora disse aos pais que “é muito boa” nas aulas. O pai disse-lhe que se continuar a estudar e a apreender talvez um dia trabalhe para a Google.

A missiva da criança termina com um agradecimento por a carta ser lida. Chloe diz ao patrão da Google que ele foi o segundo destinatário das suas cartas. O Pai Natal foi o primeiro.

De acordo com o Business Insider, a carta chegou mesmo ao destinatário. E Sundar Pichai, o CEO da empresa, respondeu a Chloe.

“Acho que se tu continuares a trabalhar e a seguir os teus sonhos, podes conseguir tudo o que quiseres – desde trabalhar na Google a nadar nos Jogos Olímpicos. Fico à espera de receber a tua candidatura de emprego quando terminares a escola :)”, escreveu Sundar Pichai, de acordo com a carta publicada pelo Business Insider.

Menina de sete anos pede emprego à Google
Classificar este artigo

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

X

Pin It on Pinterest

X