Barcelona processa discoteca

O município de Barcelona está a preparar uma acção legal contra um estabelecimento de diversão nocturna que ofereceu a mulheres “sem marido” uma recompensa de 100 euros, bilhete de entrada e uma bebida se entrarem no local “sem cuecas”.
Também a conselheira do grupo Feminismos e LGTB, Laura Perez, disse que vão estudar acções legais contra uma iniciativa que classificou na rede social Twitter de “machismo obsceno”.

A oferta do Bailódromo Caña Dulce, no centro de Barcelona, é válida para todos os sábados de Fevereiro, e os organizadores acrescentam ainda bolo de aniversário e champanhe em caso de aniversário.

Pin It on Pinterest