Apreensão de 100 000 cigarros

A Unidade de Ação Fiscal, através do Destacamento de Ação Fiscal do Porto, apreendeu no dia 24 de fevereiro, na Maia, 100.000 cigarros por introdução fraudulenta no consumo.

Os cigarros, armazenados em 20 caixas de cartão, seguiam uma viatura de mercadorias, fiscalizada no decorrer de uma operação rodoviária na A3.

O tabaco não se fazia acompanhar de qualquer documento com valor aduaneiro, não estava estampilhado e os dizeres encontravam-se em língua inglesa.

O valor estimado da mercadoria apreendida, após a tributação legal, ascende aos 20 mil euros, encontrando-se em causa uma fuga aos impostos de mais de 17 mil e 500 euros.

Nesta ação, que contou com a colaboração do Destacamento de Trânsito do Porto, foram ainda detidos dois homens, de 26 e 41 anos, os quais foram constituídos arguidos, sujeitos a termo de identidade e residência e notificados para comparecerem a tribunal durante o dia de hoje.

 

Pin It on Pinterest