PJ efetua buscas no âmbito da Cooperação Internacional

A Polícia Judiciária, através da Unidade Nacional de Combate à Corrupção e no âmbito de Carta Rogatória que corre termos no DCIAP, integrando uma equipa de investigação conjunta internacional com autoridades policiais francesas, belgas e eslovacas, realizou duas buscas na área de Lisboa.

A investigação visa três empresas de transportes belgas, que recorrerão aos serviços de uma organização criminosa a operar em Portugal e na Eslováquia, cuja atividade consiste em contornar as leis de segurança social.

As referidas empresas belgas são suspeitas de terem cometido fraudes à segurança social belga em montante próximo dos 7 milhões de euros.

No âmbito desta operação, a Polícia Judiciária Federal da Flandres Oriental, com a colaboração dos serviços de inspeção social, realizou doze buscas em Bruxelas, Malines, Wavre-Sainte-Catherine, Hamme, e Pervijse.

Foram detidas duas pessoas e apresentadas cinco para interrogatório judicial. Foram ainda apreendidas dez viaturas pelas autoridades belgas.

Pin It on Pinterest