Orçamento dos Açores com 26 milhões de euros para fomentar o crescimento económico e o emprego

A Secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo, anunciou ontem, na Horta, que “o Plano e Orçamento para 2017 prevê um investimento público de 26 milhões de euros para fomentar o crescimento económico e o emprego, através deste setor, que, por si só, já se constituiu como um motor essencial para a criação de riqueza na Região”.

O foco, segundo Marta Guerreiro, encontra-se na qualificação do destino através da consolidação de uma oferta turística assente na fruição ativa dos espaços naturais, na aposta no termalismo e na promoção de uma visão integrada da utilização dos trilhos, no que à prática de várias atividades de animação turística em terra diz respeito.

“A componente da formação terá especial atenção, ao nível da formação inicial, valorização das competências dos ativos atuais, bem como da formação com vista à requalificação”, reforçou Marta Guerreiro, que também anunciou a conclusão da revisão do POTRAA, enquanto ferramenta que permite uma análise da oferta nas suas diversas tipologias.

A maior parcela de investimento está associada à promoção, aumentando a notoriedade internacional dos Açores como um destino de Natureza de Excelência, pondo em destaque as caraterísticas de sustentabilidade, ambientais e paisagísticas do arquipélago.

“Defendemos, por isso, que o desenvolvimento turístico dos Açores passe, forçosamente, por uma oferta ambiental impar, aliada à sustentabilidade energética, numa estratégia concertada para salvaguarda dos recursos naturais, que potencia a atividade turística do arquipélago dos Açores como destino de natureza”, salientou a Secretária Regional.

Pin It on Pinterest