“Sabemos que todos querem derrotar o campeão europeu”

Na conferência de imprensa que anteceu o treino desta quarta-feira da Seleção Nacional, João Mário fez uma análise ao adversário de sábado, a Hungria, em jogo a contar para o apuramento para o Mundial-2018, e revelou que o encontro terá de ser encarado como se fosse uma final: “É uma equipa organizada, que defende bem e tem boas saídas para o contra-ataque. O capitão Dzsudzsák é um excelente jogador e criou-nos algumas dificuldades no Euro. Não é uma seleção fácil. Temos de encarar este jogo como uma final, para que consigamos depender só de nós. É com este pensamento que vamos a jogo”, testemunhou o médio de 24 anos.

O internacional português, que contabiliza já 23 internacionalizações pela Seleção Nacional AA, manifesta o orgulho de poder vestir novamente a camisola de Portugal e revela que a estreia a marcar pode estar para breve: “É sempre um orgulho estar cá. Sinto-me bem e confiante por dar, mais uma vez, o meu contributo à equipa. Quero muito fazer o meu primeiro golo. Esperemos que ele surja o mais rápido possível, embora saiba que estas coisas não se podem controlar”, realçou.

A finalizar, João Mário ainda revelou que o facto de Portugal, pelo título conquistado no Euro 2016, ser um dos alvos a “abater” pode conferir uma motivação extra para a Equipa das Quinas: “É uma pressão positiva. Sabemos que todos querem derrotar o campeão europeu, o que acaba por servir de motivação para continuarmos a vencer”, concluiu.

Portugal defronta a Hungria às 19h45 de sábado, 25 de março, no Estádio da Luz, em jogo do grupo B de apuramento para o Mundial-2018. Três dias mais tarde, no Funchal, os campeões da Europa recebem a Suécia para um encontro de preparação.

Fonte: www.fpf.pt

Pin It on Pinterest