Madeira vai criar um roteiro para o mergulho

A secretária regional do Ambiente e Recursos Naturais anunciou a criação de um roteiro para o mergulho na Madeira, estando para o efeito projectada o afundamento de mais três navios. Susana Prada falava no decorrer da sessão de encerramento da 3.ª Conferência Europeia em Mergulho Científico, que se realizou no Funchal.

“O mergulho tem sido alvo de uma aposta indiscutível deste Governo, que olha para esta actividade como um canal importante para o desenvolvimento turístico, seja de lazer, seja científico”, referiu a governante.

Susana Prada revelou ainda que, para além do ‘Madeirense’ e da ‘Corveta Pereira d’Eça’ (afundado em Julho do ano passado no Porto Santo), o Governo Regional conta afundar outros três navios nos mares da Madeira.

Neste momento, adiantou a governante, já está garantida junto à Marinha Portuguesa a cedência de mais três navios – duas corvetas e um patrulha – que serão afundados, desta feita, na costa sul da Madeira. Um navio deverá ser ainda este ano afundado no Parque Marinho do Cabo Girão. Os outros dois navio serão afundados no próximo ano, um na zona do Caniço e o outro entre Machico e a Ponta de São Lourenço.

“Passarão a ser quatro os recifes criados por iniciativa deste Governo com o objectivo de construir locais privilegiados para o mergulho e observação da vida marinha. É nossa aposta a criação de um circuito de spots de mergulho que promovam a nossa Região a nível internacional”, acrescentou Susana Prada.

Pin It on Pinterest