“Dançando com a Diferença é exemplo para todo o país

O trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelo grupo Dançando com a Diferença deve ser visto como um exemplo para todo o país. Quem o afirmou foi o Secretário Regional da Economia, Turismo e Cultura, Eduardo Jesus, que esteve presente ontem no espaço Infoart na cerimónia de inauguração da exposição “Por Delicadeza”, uma mostra que reúne um conjunto de fotografias de José Alfredo do projeto com o mesmo nome desenvolvido pelo grupo da Região no Teatro Viriato em Viseu.

O governante começou por enaltecer o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelo Dançando com a Diferença desde a sua criação, em 2001, “um trabalho em prol da mudança de mentalidades através da dança e da cultura em geral, mas sobretudo em prol da inclusão social, e que é um exemplo para todo o país”.

Eduardo Jesus sublinhou ainda que a mensagem que tem sido passada por este grupo “tem sido muito bem estruturada e fortíssima” e é exatamente por isso que “esta Secretaria tem o enorme prazer de ter no MUDAS a residência do Dançando com a Diferença”, mas de ver também que “o nome da Madeira tem sido levado a todo o mundo por este grupo”.

Henrique Amoedo, diretor artístico do grupo, adiantou também na ocasião que, dentro em breve, a população de várias cidades do continente poderão ver novamente o Dançando com a Diferença em palco.

O Projeto “Por Delicadeza” nasce no distrito de Viseu surgindo de uma parceria entre o grupo Dançando com a Diferença e o Teatro Viriato. O “Por Delicadeza” foi um projeto que teve a duração de 6 meses, reunindo pessoas com deficiências variadas, institucionalizadas e não institucionalizadas, bem como pessoas sem deficiência, num trabalho em torno da Arte e da Inclusão Social, sob a coordenação de Henrique Amoedo e orientação de Francisca Mata e Ricardo Meireles.

A mostra “Por Delicadeza” ficará patente até ao dia 28 de abril, no normal horário de funcionamento do espaço Infoart e acontece numa parceria entre o Teatro Viriato e o grupo Dançando com a Diferença, contando com o apoio da Secretaria Regional da Economia, Turismo e Cultura através da Direção Regional de Cultura, que vê nesta exposição um exemplo e uma mais-valia na difusão das boas práticas inclusivas e promoção do melhor da produção artística e cultural regional pelo país.

O trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelo grupo Dançando com a Diferença deve ser visto como um exemplo para todo o país. Quem o afirmou foi o Secretário Regional da Economia, Turismo e Cultura, Eduardo Jesus, que esteve presente ontem no espaço Infoart na cerimónia de inauguração da exposição “Por Delicadeza”, uma mostra que reúne um conjunto de fotografias de José Alfredo do projeto com o mesmo nome desenvolvido pelo grupo da Região no Teatro Viriato em Viseu. O governante começou por enaltecer o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelo Dançando com a Diferença desde a sua criação, em 2001, “um trabalho em prol da mudança de mentalidades através da dança e da cultura em geral, mas sobretudo em prol da inclusão social, e que é um exemplo para todo o país”.

Eduardo Jesus sublinhou ainda que a mensagem que tem sido passada por este grupo “tem sido muito bem estruturada e fortíssima” e é exatamente por isso que “esta Secretaria tem o enorme prazer de ter no MUDAS a residência do Dançando com a Diferença”, mas de ver também que “o nome da Madeira tem sido levado a todo o mundo por este grupo”.

Henrique Amoedo, diretor artístico do grupo, adiantou também na ocasião que, dentro em breve, a população de várias cidades do continente poderão ver novamente o Dançando com a Diferença em palco.

O Projeto “Por Delicadeza” nasce no distrito de Viseu surgindo de uma parceria entre o grupo Dançando com a Diferença e o Teatro Viriato. O “Por Delicadeza” foi um projeto que teve a duração de 6 meses, reunindo pessoas com deficiências variadas, institucionalizadas e não institucionalizadas, bem como pessoas sem deficiência, num trabalho em torno da Arte e da Inclusão Social, sob a coordenação de Henrique Amoedo e orientação de Francisca Mata e Ricardo Meireles.

A mostra “Por Delicadeza” ficará patente até ao dia 28 de abril, no normal horário de funcionamento do espaço Infoart e acontece numa parceria entre o Teatro Viriato e o grupo Dançando com a Diferença, contando com o apoio da Secretaria Regional da Economia, Turismo e Cultura através da Direção Regional de Cultura, que vê nesta exposição um exemplo e uma mais-valia na difusão das boas práticas inclusivas e promoção do melhor da produção artística e cultural regional pelo país.

Pin It on Pinterest