Há dois suspeitos do ataque contra autocarro do Borussia Dortmund

Um homem com alegadas ligações a movimentos islamitas foi detido esta quarta-feira pelas autoridades alemãs durante a investigação ao ataque contra o autocarro do Borussia Dortmund. Há dois suspeitos do ataque que está a ser investigado como um “atentado terrorista.

A porta-voz do Ministério Público federal alemão, Frauke Köhler, indicou que um homem foi “detido temporariamente”, mas que os procuradores ainda não decidiram se vão pedir a sua transferência para uma prisão.

O atentado à bomba contra o autocarro da equipa de futebol do Borussia, antes do jogo da Liga dos Campeões contra o Mónaco,foi reivindicado por um grupo de extrema-esquerda, mas os investigadores apontam para a teoria de que se tratou de um ataque de jiadistas islâmicos.

Três explosões atingiram na terça-feira o autocarro do Borussia Dortmund. O defesa espanhol Marc Bartra, ficou ferido no punho da mão esquerda e já foi operado.

A equipa de investigação confirmou ainda que os explosivos tinham objectos metálicos em redor para aumentar o potencial destrutivo das bombas.

O chefe da polícia local, Gregor Lange, disse que as explosões que atingiram o autocarro visavam especificamente o veículo que transportava a equipa alemã.

Pin It on Pinterest