Presidente da República faz apelo aos pais

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, apelou a todos os pais para que tenham em conta a própria saúde familiar e a “saúde dos filhos dos outros portugueses”, para que o Estado não tenha de optar por “meios obrigatórios de intervenção”. O Chefe de Estado referiu-se à jovem de 17 anos que morreu com sarampo na última madrugada, no Hospital Dona Estefânia, em Lisboa.
Marcelo dirigiu-se, num exercício de “pedagogia”, “aos pais e aos encarregados de educação portugueses, que serão os primeiros a compreenderem os seus deveres para com os seus filhos, pensando na saúde deles e pensando na saúde dos filhos dos outros portugueses, dos demais concidadãos, num espírito de solidariedade social”
“É a capacidade para compreender isso que permite ao Estado, à Administração Pública, não ter de recorrer a meios obrigatórios de intervenção, acreditando na compreensão de todos para aquilo que são problemas não apenas de saúde individual, mas de saúde pública em Portugal”, frisou.

Pin It on Pinterest