Projeto madeirense de apoio aos desempregados distinguido pela ONU e nomeado para os prémios WSIS 2017

O projeto “REviver na Rede”, um espaço online para apoio à utilização do Facebook por desempregados na Madeira, foi recentemente considerado como uma boa prática pelas Nações Unidas e referenciado como uma proposta válida para ser aplicada noutros países/regiões.

Esta iniciativa, liderada pela International Telecommunication Union (ITU), a agência das Nações Unidas para as Tecnologias da Informação e Comunicação com sede na Suíça, pretende partilhar projetos que possam ser facilmente replicados para capacitar as comunidades a nível local a enfrentar os novos desafios da Sociedade da Informação aos níveis nacional, regional e internacional. O objetivo é construir uma Sociedade da Informação inclusiva, colocar o potencial do conhecimento e das Tecnologias da Informação e Comunicação ao serviço do desenvolvimento das comunidades e promover a utilização da informação e do conhecimento como facilitadores de um desenvolvimento sustentável.

Associado a esta iniciativa, o projeto “REviver na Rede” também foi nomeado para os prémios WSIS 2017, promovidos pela World Summit on the Information Society Forum(WSIS), conferência que decorre anualmente em Genebra (Suíça) e coordenada por várias organizações relacionadas com as Nações Unidas, como a ITU, UNESCO, UNCTAD e UNDP. Estão em concurso projetos realizados por governos, universidades, empresas, sociedade civil e outras organizações de todo o mundo, como forma de partilhar boas práticas com impacto significativo na promoção da sociedade de informação, a nível local, regional ou global.

“REviver na Rede | reBIRTH on the interNET” é o único projeto português em concurso(e um dos poucos europeus), estando nomeado na categoria 11 “E-employment” (E-emprego) e visando as metas1 orientadoras do WSIS para a referida temática.

Pin It on Pinterest