Polícia Judiciária efetua detenção por burla qualificada

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Setúbal, localizou, identificou e deteve uma mulher, com 40 anos de idade, pela presumível prática de um crime de burla qualificada. A investigação apurou que a detida, entre agosto de 2014 e fevereiro de 2015, na zona de Sines, burlou as vítimas, um casal de idosos que a conheciam desde criança.

Aproveitando a relação de confiança, especial vulnerabilidade e iliteracia das mesmas, a autora logrou apropriar-se das suas poupanças, numa quantia superior a 121.000 euros, com promessas de aplicação em investimentos de elevada rentabilização. Ausentou-se, de seguida, para parte incerta, vindo agora a ser localizada e detida pela Polícia Judiciária.

A detida será hoje presente a primeiro interrogatório judicial, no qual será sujeita à aplicação das medidas de coação processuais adequadas.

Pin It on Pinterest