Putin culpa os serviços secretos dos Estados Unidos

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse hoje que “a fonte primária” do vírus que atacou milhares de computadores em mais de uma centena de países “são os serviços secretos dos Estados Unidos”, que terão criado “softwares que podem depois ser usados para fins maliciosos”.

“Quanto a estas ameaças, acredito que a Microsoft anunciou claramente que a fonte primária do vírus são os serviços secretos dos Estados Unidos”, disse Putin, em Pequim, China, onde participa numa conferência. “Assim que são soltos da lâmpada, génios deste tipo, especialmente os criados pelos serviços de inteligência, podem prejudicar os seus criadores.”

A Microsoft confirmou no domingo que o vírus Wannacry tem como base uma ferramenta de espionagem criada pela Agência Nacional de Segurança norte-americana (NSA, na sigla inglesa). A ferramenta, chamada EternalBlue, foi roubada por piratas informáticos e disponibilizada na internet em Abril.

O director da Europol, Rob Wainwright, revelou este domingo que o ciberataque de sexta-feira provocou 200 mil vítimas, a maioria empresas, em pelo menos 150 países. A Rússia terá sido um dos países mais atacados.

Pin It on Pinterest