PCP aponta inadequação do Sistema de Transportes às Necessidades de Mobilidade

O Grupo Parlamentar do PCP apontou, hoje, numa iniciativa política realizada na Camacha, exemplos concretos da completa inadequação do sistema de transportes públicos às necessidades de mobilidade das populações.

No que se reporta a exemplos mais negativos da situação que caracteriza a Região Autónoma da Madeira em termos de transportes públicos, o Concelho de Santa Cruz foi apontado como um dos casos da falta de organização e de descoordenação. “O Concelho de Santa Cruz é servido por três diferentes operadores do público de transporte de passageiros (SAM, Autocarros do Caniço, Grupo Horários do Funchal), de costas voltadas entre si e sem bem servir as necessidades de mobilidade das populações”, apontou Edgar Silva. Desta iniciativa resulta uma forte acusação ao Governo Regional por não ter um Plano de Transportes ao serviço do desenvolvimento Regional. “O Governo apenas está empenhado em apresentar à União Europeia um “Plano cor de rosa” que deveria vigorar entre 2014-2020, mas que, na prática, em nada responde em eficácia às necessidades de promoção da utilização do transporte público”, disse o deputado.

O Grupo Parlamentar do PCP decidiu exigir responsabilidades políticas ao Governo Regional face aos agravados bloqueios à mobilidade intraregional de passageiros.

Pin It on Pinterest