Leite produzido nos Açores é de “grande qualidade nutritiva”

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas destacou a grande qualidade nutritiva do leite produzido nos Açores, um produto identitário do arquipélago, lamentando que, de quando em vez, surjam campanhas de desincentivo ao consumo de produtos lácteos.

“Somos, provavelmente, uma das poucas regiões da Europa onde as vacas podem estar 365 dias por ano ao ar livre, em que a alimentação dos animais é feita à base de pastagens naturais”, frisou João Ponte, acrescentando que “todos estes ingredientes fazem com que se produza no arquipélago leite de grande qualidade nutritiva”.

João Ponte, que falava quinta-feira, em Ponta Delgada, no 5.º Bodo do Leite, organizado pela Confraria do Leite dos Açores, salientou que escolher leite dos Açores significa levar para casa “um produto de grande qualidade, muito saudável, mas também um pouco da natureza das ilhas atlânticas”.

Na sua intervenção, o titular da pasta da Agricultura afirmou que a aposta que tem sido feito na inovação, no conhecimento científico, no melhoramento genético dos animais e nas condições de trabalho nas explorações também ajudam a explicar os bons resultados alcançados, mas alertou que há novos desafios a vencer, entre os quais “uma maior valorização do leite e a necessidade de encontrar novos mercados para que o setor se torne mais forte e competitivo”.

“O leite é bom. O leite faz bem à saúde. Os produtos lácteos com a Marca Açores são certificados pela natureza”, frisou.

O governante referiu-se ainda à associação “cada vez mais forte e indissociável” da agricultura com o turismo, considerando que as paisagens e as vacas servem de atração turística, enquanto os turistas contribuem para o aumento do consumo de produtos lácteos e para a sua promoção mundial.

Pin It on Pinterest