Sindicato Nacional dos Motoristas deixa “recado” ao STRAMM

O Sindicato Nacional dos Motoristas (SNM) emitiu um comunicado a todos os trabalhadores da Horários do Funchal (HF): «Vem o SNM por este meio dar conhecimento a todos os Trabalhadores dos Horários do Funchal que, no cumprimento das suas obrigações e compromissos assumidos perante os Trabalhadores, esteve reunido no passado dia 29 de Maio com a Câmara do Funchal na pessoa do Sr. Vereador Domingos Rodrigues onde, após alguns considerandos iniciais foi transmitido ao SNM que a Câmara Municipal do Funchal nada tinha a ver com os Horários do Funchal na medida em que esta seria uma Empresa do Governo Regional.

A CMF também transmitiu ao SNM que, por considerar não estarem reunidas as condições necessárias para constituir-se como Autoridade de Transportes, iria delegar essas competências, dentro dos prazos legais, ao Governo Regional.

No passado dia 30 de Maio, o SNM foi recebido na Secretaria Regional da Economia, Turismo e Cultura pelo Sr. Dr. Eduardo Jesus. Nessa reunião, o SNM teve a oportunidade de transmitir as suas preocupações e de dar conhecimento ao Sr. Secretário, da decisão entretanto manifestada pela CMF ao SNM no que diz respeito à delegação no Governo Regional das suas competências enquanto Autoridade de Transportes.

O Sr. Secretário tomou boa nota do que foi transmitido pelo SNM e informou de seguida que iria aguardar serenamente que a CMF desse conhecimento formal dessa posição.

O SNM esteve também reunido no dia 30 de Maio na Secretaria Regional da Inclusão e Assuntos Sociais onde contou com as presenças da Sra Dra Rubina Leal na qualidade de Secretária e do Sr. Dr. Savino Correia na qualidade de Diretor Regional do Trabalho e da Ação Inspetiva.

O SNM teve a oportunidade de transmitir que considera ser de primordial importância a defesa dos Horários do Funchal como Empresa do Sector Público na medida em que assim estão mais protegidos os Direitos dos seus trabalhadores e o Direito que a população tem ao seu transporte público de qualidade.

O SNM esteve reunido no passado dia 31 com a Administração dos HF onde, entre outros assuntos, teve a oportunidade de dar conhecimento da posição assumida pela CMF em declinar a favor do Governo Regional as suas competências enquanto Autoridade de Transportes.

Ficando assim garantida a manutenção da Empresa no Sector Empresarial do Estado e, simultaneamente, ficam garantidos os Direitos dos trabalhadores.

Este é o trabalho que o SNM tem neste momento para apresentar ao STRAMM apenas damos um conselho: falem menos do SNM e trabalhem mais, os trabalhadores agradecem”».


PUB