Défice orçamental situou-se nos 2,1 por cento do PIB até Março

O défice orçamental situou-se nos 2,1 por cento do PIB até Março, bastante abaixo dos 3,3 por cento registados no mesmo período de 2016, segundo dados divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). Uma derrapagem que está acima da meta dos 1,5% definida pelo Governo da República para o conjunto do ano.

Nas contas nacionais trimestrais por sector institucional, o INE refere que o saldo das administrações públicas “situou-se em -965,6 milhões de euros” no primeiro trimestre de 2017, ou seja, menos 2,1% do PIB, mas o resultado divulgado hoje não incluiu o impacto da recapitalização da Caixa Geral de Depósitos, operação que tem um valor total que “atingirá 4.874 milhões de euros.

Pin It on Pinterest