Detenção pela prática do crime de um incêndio florestal

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Norte, procedeu à identificação e detenção fora de flagrante delito de uma mulher pela autoria de crime de incêndio florestal.

O incêndio ocorreu no dia 22 de abril do corrente ano, numa zona florestal de grande dimensão, sita em Baião, tendo posto em perigo também várias habitações.

A suspeita encontra-se ainda fortemente indiciada da prática de mais três incêndios florestais ocorridos na mesma zona.

A detida, de 54 anos de idade, doméstica, vai ser presente à competente autoridade judiciária para primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

No corrente ano a Polícia Judiciária já identificou e deteve 33 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.

Pin It on Pinterest