Recuperado corpo de pescador lúdico desaparecido no Porto da Cruz

O Capitão do Porto e Comandante-local da Polícia Marítima do Funchal coordenou, ao final da tarde de 3 de agosto, a operação de resgate de um corpo avistado junto ao Ilhéu da Furna – Porto da Cruz, por um agente da Polícia de Segurança Pública da esquadra do Porto da Cruz, que difundiu o alerta através do Serviço Regional de Proteção Civil.

O agente da Polícia Marítima do Comando-local do Funchal que se encontrava a realizar as buscas por terra no Porto da Cruz, confirmou de imediato evidências do eventual pescador lúdico desaparecido.

De imediato foi ativada a embarcação semirrígida “PRAIA DOURADA” para o local, que viria a resgatar a vítima pelas 19h50. O corpo foi transportado para as instalações da Associação Madeirense para o Socorro no Mar – SANAS MADEIRA.

A Autoridade de Polícia promoveu a remoção do corpo para o Gabinete de Medicina Legal, após a verificação do óbito pelo Delegado de Saúde, pelas 20h55.

Tratava-se do indivíduo do sexo masculino que se encontrava no exercício da pesca lúdica (apanha de caranguejo), na orla costeira do Porto da Cruz, e que viria a ser arrastado para o mar por uma onda, encontrando-se desaparecido desde a madrugada do dia 30 de julho de 2017. O Comando-local da Polícia Marítima do Funchal tomou conta da ocorrência.​

Na edição do «Tribuna» desta sexta-feira, dia 4, foi publicada uma notícia referindo que as buscas continuam.

O resgate do corpo do pescador ocorreu após o fecho da edição, não tendo sido possível atualizar a notícia.

Pin It on Pinterest