UE amplia sanções contra norte-coreanos

A União Europeia (UE) anunciou hoje que ampliou o número de pessoas e de empresas da Coreia do Norte visadas por sanções comunitárias, decisão que coincide com a recente resolução adoptada pelo Conselho de Segurança da ONU.

Desta vez, o bloco europeu acrescentou nove pessoas e quatro empresas norte-coreanas à lista de indivíduos e entidades sancionados com medidas como o congelamento de bens e restrições de movimento.

A decisão eleva para 62 o número total de indivíduos que são afectados pelas medidas restritivas contra a Coreia do Norte e para 50 o número de entidades listadas pela ONU”, assinalou o Conselho da UE, numa nota informativa.

A decisão do Conselho da UE, que representa os actuais 28 Estados-membros do bloco europeu, foi aprovada por procedimento escrito e será publicada amanhã, sexta-feira, no Jornal Oficial da União Europeia.

Pin It on Pinterest