MiratecArts rescinde apoio da Câmara das Lajes do Pico devido “às condições em que os cães errantes vivem”

Devido às condições em que os cães errantes vivem nas Lajes do Pico e tendo em conta o comunicado publicado pelo Presidente da Câmara Municipal das Lajes do Pico, Roberto Silva, sobre o referido assunto, a MiratecArts vem publicamente rescindir o apoio financeiro que a Câmara das Lajes do Pico alocou para apoiar o primeiro Azores Birdwatching Arts Festival.

“A MiratecArts está a elaborar um festival artístico e uma aventura que abraça o ambiente, baseado na observação de aves.” diz Terry Costa. “A Câmara das Lajes do Pico, em janeiro 2017, através do seu Presidente, confirmou a participação financeira de 2 mil euros para apoiar a produção deste festival. Como presidente da MiratecArts, não posso aceitar este apoio financeiro e ser parceiro com uma entidade que não respeita os animais, quando esse é um dos grandes objetivos do referido festival.”

Assim, a associação MiratecArts pede à Câmara Municipal das Lajes do Pico que utilize a verba de 2 mil euros para retirar os cães do lugar inóspito onde se encontram, neste momento, e procure um lugar mais adequado, criando, assim, melhores condições para receber os cães errantes desse concelho.

A MiratecArts continua a produção e programação do referido festival, agendado para as datas de 6 a 12 de novembro, e planeia apresentar o programa com outros apoios que possa conseguir. “O festival continuará, de uma forma ou outra.” adiciona Terry Costa. “Fazemos o que podemos com o que temos”.

 

Pin It on Pinterest