CMF apresentou novos equipamentos de limpeza urbana

O Presidente da Câmara Municipal do Funchal, Paulo Cafôfo, e a Vice-Presidente da Câmara Municipal do Funchal, Idalina Perestrelo, que tem o pelouro do Ambiente na Autarquia, apresentaram ontem, na Praça do Município, os novos equipamentos da Divisão de Limpeza Urbana do Município. Tratam-se de dois aspiradores elétricos, dois aspiradores urbanos, um equipamento de monda térmica e uma viatura ligeira de recolha de resíduos, num investimento global de 120 mil euros, feito exclusivamente através do orçamento camarário.

Paulo Cafôfo sublinhou, na ocasião, “o empenho da Autarquia em renovar a frota que faz diariamente a limpeza das ruas da cidade e a respetiva recolha de resíduos. Neste caso, os aspiradores destinam-se à limpeza de ruas, passeios e praças, entre outros, ao passo que a viatura de recolha de resíduos de dois m3 é ideal para a recolha de resíduos na Zona Velha da cidade e em outros arruamentos mais estreitos por todo o concelho, onde os camiões de lixo não conseguem passar.”

O Presidente enalteceu, de seguida, que “o Município orgulha-se de ter abdicado, em abril de 2016, do uso de herbicidas em prol do ambiente e da saúde pública. A Câmara Municipal do Funchal passou então a fazer a manutenção de cerca de 1000km de passeios e bermas, utilizando para o efeito a monda mecânica e manual. Contudo, a partir de hoje, tem ao seu dispor um novo equipamento para efetuar a chamada monda térmica, que está neste momento a ser testado e que é uma inovação importante em termos da nossa limpeza urbana.”

Paulo Cafôfo explicou que este é um esforço que se enquadra numa proposta mais alargada do seu Executivo, no sentido de reforçar a limpeza urbana e a recolha seletiva de resíduos no concelho, cujo investimento vai ascender a 1,2 milhões de euros, no total. Para esse efeito, os próximos passos são “a aquisição de ecopontos subterrâneos, as chamadas ilhas verdes, que serão instalados em seis locais da zona centro do Funchal, com um sistema de deposição de resíduos em contentores enterrados. Com a implementação deste tipo de equipamento será possível reduzir os custos de recolha, aumentar a capacidade de deposição de resíduos, aumentar a taxa de reciclagem e emprestar ao local de deposição de resíduos um ambiente discreto, agradável e limpo.”

A Câmara Municipal do Funchal vai adquirir, ainda, “duas novas viaturas pesadas para o seu Departamento de Ambiente, com vista a reforçar a aposta na recolha seletiva de resíduos sólidos urbanos no concelho. Estão em causa veículos bifluxo de 19 toneladas, ou seja, que têm a vantagem de permitir a recolha de dois tipos de resíduos ao mesmo tempo. São equipamentos extremamente caros, mas determinantes para a eficiência na recolha seletiva de resíduos e para a política ambiental do Município, duas áreas em que o Funchal se notabiliza”, rematou o Presidente.

Pin It on Pinterest