Polícia de São Paulo acaba com maior assalto do mundo

A polícia de São Paulo terminou na noite de segunda-feira uma ousada acção criminosa que poderia ter resultado no maior assalto da história do Brasil. Após dois meses de investigação, os agentes localizaram e desactivaram um túnel que levava directamente a um cofre onde se supõe estarem guardados ao menos 270 milhões de euros em dinheiro.

O túnel descoberto no bairro Chácara Santo António, na zona sul da capital paulista, tem 500 metros de , passa por baixo de casas, ruas e avenidas do bairro. Tem as paredes escoradas com barras de ferro e o tecto reforçado com placas de madeira para evitar aluimentos, além de boa iluminação e um eficaz sistema de ar. A passagem secreta termina sob um dos principais cofres usados pelo Banco do Brasil para armazenar fortunas que depois são distribuídas para agências, escreve o Correio da Manhã.

Era 20 os ladrões que se supõe fazerem parte do bando, 16 dos quais estão agora presos. Os criminosos foram presos num armazém localizado no bairro Vila Nova Cachoeirinha, na zona norte de São Paulo, onde fabricavam as ferramentas usadas na escavação do túnel e as barras de ferro com que reforçavam as paredes.

Nesse mesmo armazém foram encontrados carrinhos metálicos com rodas que serviriam para transportar em segurança e sem esforço a imensidão de dinheiro que estava guardada no cofre.

De acordo com a polícia paulista, o túnel começou a ser escavado há cerca de quatro meses a partir de uma casa do bairro Chácara Santo António alugada pelos criminosos.

Pin It on Pinterest