Polícias vão responder por racismo e tortura

Os polícias suspeitos de agredirem jovens negros do bairro da Cova da Moura, nos arredores de Lisboa, vão responder em tribunal por crimes como racismo e tortura. A decisão foi tomada nesta segunda-feira pelo Tribunal de Instrução Criminal de Sintra.

Tudo sucedeu em Fevereiro de 2015, quando vários jovens deslocaram-se à esquadra de Alfragide, após a detenção de um rapaz de 24 anos, que teria apedrejado uma carrinha da PSP que patrulhava o bairro da Cova da Moura. Os polícias detiveram cinco deles, alegando que “tentaram invadir” a esquadra.

Depois de libertados, 48 horas mais tarde, os jovens queixaram-se de agressões, tortura e discriminação racial. Após uma prolongada investigação, o Ministério Público deu-lhes razão.

Entre as acusações, o MP avançou a falsificação de testemunhos e autos de detenção p+or parte de polícias para encobrir a acção dos colegas.

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger