Joana Marques Vidal não vai continuar à frente da PGR

Joana Marques Vidal não vai continuar à frente da Procuradoria-Geral da República (PGR), confirmou em entrevista à TSF a ministra da Justiça.

“A Constituição prevê um mandato longo e um mandato único”, disse Francisca Van Dunem. “Na perspectiva de análise jurídica que faço, há um mandato longo e um mandato único.”

A Constituição estabelece que “o mandato do Procurador-Geral da República tem a duração de seis anos”, sem referência à possibilidade de renovação.

O mandato de Joana Marques Vidal termina no próximo mês de Outubro.

Pin It on Pinterest