Diáz-Canel é o novo Presidente de Cuba

Miguel Mario Díaz-Canel, o número dois do Executivo cubano desde 2013, tornou-se hoje o novo Presidente de Cuba. Díaz-Canel, de 57 anos, recebeu o testemunho de Raúl Castro, que deixa a Presidência do país depois de 12 anos de poder.

Nascido em Villa Clara (Santa Clara, Cuba), a 20 de Abril de 1960, o novo Presidente cubano ascendeu nas estruturas do poder até converter-se no número dois do regime. O engenheiro electrónico, graduado em 1982, foi professor na Universidade Central de Las Villas e começou a sua carreira política na União de Jovens Comunistas (UJC).

Díaz-Canel iniciou a sua carreira no Partido Comunista em 1991, ingressando no Comité Central do Partido, e em 1993 assumiu a direcção da organização em Villa Clara, sendo posteriormente elevado a secretário provincial entre 1994 e 2003.

No ano de 2003 Díaz-Canel passou a fazer parte do todo-poderoso bureau político do partido, foi eleito deputado da Assembleia Nacional. Tornou-se secretário provincial até 2009, ano em que saltou para o Governo, quando foi nomeado por Raúl Castro como ministro da Educação Superior.

Três anos mais tarde, a 22 de Março de 2012, Raúl Castro nomeou-o para cargo mais alto, o de vice-Presidente do Conselho de Ministros, em substituição do veterano José Ramón Fernández, mais conhecido como “o Galego Fernández”.

Depois das eleições de Fevereiro de 2013, Diáz Canel foi designado primeiro vice-Presidente do Conselho de Estado. A partir deste momento, começou a ganhar visibilidade pública dentro da ilha e também no exterior, já que representou Cuba em numerosas viagens.

O novo Presidente cubano tem ascendência espanhola: o seu bisavó, originário de Castropol (Astúrias), emigrou para Cuba em meados do século XIX e administrou em Havana uma fábrica de móveis.

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger